O que você precisa saber antes de vir para Austrália. 

Se seus planos incluem estudar e trabalhar na Austrália. Você precisa ler este post. 
É importante ter em mente que fazer intercâmbio é uma oportunidade única para crescer e descobrir mais sobre você e sobre o mundo. Você terá de enfrentar situações novas, vai aprender a encarar os desafios de frente e solucionar seus problemas. 
A Austrália é um país único. Há coisas parecidas com o Brasil, mas a cultura é outra. Você vai sentir saudades de casa, com certeza. Por isso, quanto mais curioso e disposto a aceitar as mudanças, melhor será sua adaptação. 
Entenda um pouco como funciona: Saúde, Escola, Trabalho e Moradia. 

Escola

A escolha da escola é essencial. Mas ela depende do seu nível de inglês e suas expectativas. A melhor indicação virá da sua agência de intercâmbio. Mas é bom conversar com amigos e ter uma segunda opinião. Todas as escolas oferecem aulas de inglês geral e aulas especiais focadas nos exames de IELTS ou Cambridge. As aulas de inglês ocorrem de manhã, à tarde e à noite. Já com o nível de inglês avançado, você pode estudar cursos profissionalizantes, fazer uma faculdade ou MBA. 

  • Claro que existem diferenças entre as escolas. Mas todas elas são regulamentadas e seguem os procedimentos exigidos pelo governo australiano. 
  • Se você está com um visto de estudante, deve ter a frequência de 80% nas aulas. As escolas reportam à Imigração os casos de não comparecimento e o visto pode ser cancelado. 

Saúde

Antes de viajar, é bom fazer um check-up médico e ir ao dentista. É importante que você esteja com sua saúde perfeita para não precisar fazer exames de rotina na Austrália.
Faz parte do seu processo de intercâmbio contratar um seguro de saúde (OSHC), que funciona como uma permissão para usar o sistema de saúde australiano (Medicare). Com o cartão OSHC em mãos, você poderá se consultar em quaisquer clínicas médicas, hospitais públicos ou privados que atendam o sistema Medicare. Na maioria das vezes você terá que pagar pela consulta, pegar o recibo e depois pedir o reembolso para o seu seguro. 
Coisas básicas que são acessíveis no Brasil, não acontecem na Austrália. 

  • Ir ao dentista é caro e o seu seguro saúde normalmente não cobre este tipo de despesa.
  • Fazer óculos e lentes de contato, anticoncepcional e muitos remédios só com receita médica. Então traga óculos de reserva e se, precisar, receitas médicas já em inglês. 

Trabalho

É fácil arrumar trabalho na Austrália? A pergunta correta é: Vou conseguir arrumar trabalho? Com certeza sim. Pode demorar um pouco, mas todo mundo consegue.  Existem muitas oportunidades, mas você terá que correr atrás. 

  • Como estudante você poderá trabalhar 20hs por semana, durante o período das aulas, e período integral durante as suas férias. Sua permissão de trabalho só começa quando suas aulas começam. 
  • Você tem que estar disposto a trabalhar em qualquer área. Muitos estudantes trabalham na construção, em restaurantes e lojas. É uma forma de ganhar dinheiro e treinar o inglês. 
  • O valor mínimo pago por hora é AU$18. Mas dependendo do lugar e com mais experiência o valor sobe. 
  • Moradia – Isso é uma das coisas mais legais do intercâmbio. Você vai ter a oportunidade de morar com pessoas do mundo inteiro e treinar o seu inglês. Aqui quase todo mundo vive em share acommodation – um apartamento/casa onde cada um tem o seu quarto (ou cama) e divide o restante da casa com os outros moradores. Para alguns brasileiros pode ser novidade. Mas isso também acontece nas repúblicas das universidades no Brasil. O importante é tentar se adaptar. 
  • O pagamento é feito por semana e custa em média AU$150-$200 pra dividir quarto e AU$250 para um quarto sozinho. Para alugar uma casa é um pouco mais complicado, pois tem que apresentar extrato bancário da Austrália e fazer a inspeção na casa (e isso só morando aqui). 
  • Para as primeiras semanas na Austrália, o ideal é buscar indicação da agência de intercâmbio, de amigos e comunidades de brasileiros que já moram aqui. Depois que você entende como funciona e conhece pessoas pode escolher a casa que melhor funciona para você.  

Bom, e claro que essas sao apenas algumas informações básicas. O importante é tomar coragem e se planejar para realizar essa jornada tão fascinante.